A Amila (Emblica Officinalis) é muito utilizada na medicina indiana, conhecida como groselha indiana ou amala. Ela é considerada a melhor erva medicinal pela medicina ayurvédica para o rejuvenescimento. Pode ser usada sozinha ou combinada com outras ervas como no caso do Chavan Prash, a mais famosa geléia ayurvédica, que dizem ser capaz de reverter o processo de envelhecimento.
No ayurveda, as ervas são classificadas por seu sabor; esta frutinha possui cinco dos seis sabores básicos: Doce, Amargo, Adstringente, Ácido, Picante, faltando-lhe apenas o sabor Salgado.

amila-001
São de aparência pequena, arredondada, verde com tons de amarelo ou marrom, e quando maduras lembram uma pitanga um pouco maior. Rica em Vitamina C é 20 vezes mais rica que a laranja. Com apenas meia xícara de seu suco, obtém-se 1g de Vitamina C. Também estão presentes: Cálcio, ferro, vitamina B, taninos e pectina.
Estudos e pesquisas sugerem que a amila pode retardar o desenvolvimento e o crescimento de células cancerígenas além de diminuir número e tamanho de lesões causadas por metástases.
As pesquisas demonstram que esta fruta também possui atividade antibiótica contra uma grande variedade de bactérias, o que possivelmente explicaria seu papel tradicional no tratamento de infecções pulmonares.


Além disso, é um excelente antidiabético, uma vez que é capaz de inibir uma enzima particular, a aldose redutase, que está diretamente envolvida na progressão da doença e todas as complicações que a caracterizam, como a catarata. Merece ser mencionado, além disso, a sua ação de controle no que diz respeito a glicose no sangue: o consumo de amila, em essência, permite de facilitar a produção de insulina pelo pâncreas.
De modo que possa assegurar os melhores resultados, no entanto, os frutos devem ser comidos todos os dias, durante mais tempo possível: ainda melhor se for combinado com a raiz de cúrcuma.

amila-002
A amila em pó, mais especificamente, é considerada um remédio ayurvédico dos mais úteis e, ultimamente, vem sendo descoberto no Ocidente.
Pode-se aplicar este pó diretamente sobre a pele e, usando em ciclo de 5 ou 7 dias, nota-se realmente uma melhora na aparência da pele do pescoço e do rosto. Hoje em dia, na verdade, a amila é apreciada pelos especialistas pela sua capacidade de reforçar as defesas naturais do corpo humano, mas também pela sua ação respeito à regeneração de células, inclusive no cabelo.
A fruta contém uma grande quantidade de polifenóis, mas especialmente saponinas. Há muitos problemas de saúde que podem ser prevenidos ou curados graças a amila: por exemplo, doenças do coração, mas também de colesterol e pressão arterial elevada. Não só este ingrediente combate os vírus e as bactérias, para não mencionar os fungos, e pode aumentar a produção de interferon e a secreção de corticosteróides.
E não para por aí, os benefícios decorrentes do consumo de amila também são vistos entre aqueles que têm de lidar com gastrite, reumatismo e anemia, para não mencionar a artrite!

amila

Comments are closed.