A Mãe Natureza está sempre se superando. Além de nos brindar com paisagens maravilhosas e fenômenos que os nossos olhos mal podem acreditar, agora ela nos mostra o seu poder de renascimento.


A Vila de Houtouwan, localizada na China, já foi uma vila de pescadores numa ilha pertencente ao Arquipélago de Zhoushan, o maior do país, com quase 400 ilhotas. Com a industrialização foi abandonada pela população. Hoje a vila é famosa por conter todas as paredes das casas cobertas por vegetações. Se continuar assim é possível que a ilha se camufle ao longo do tempo.
A fotógrafa chinesa Jane Qing fez uma série de imagens em uma vila abandonada na ilha Gouqi, próxima ao rio Yangtzé. O verde toma conta de todas as casas que aparentemente foram construídas com pedras.


Depois de mais de 50 anos de abandono, a natureza já começou a disfarçar a interferência humana e agora o lugar é um jardim secreto, com um verde incomparável. As agências de turismo não perdem tempo e hoje é possível ver de perto essa maravilha.


O nevoeiro é denso pelas manhãs e as casas tomadas pela vegetação ainda não se revelam por completo. Mas é nesta altura que os visitantes começam a chegar, às centenas todos os dias. Há quarenta anos, nesta aldeia piscatória situada numa ilha a leste de Xangai, viviam mais de 2000 pessoas. No início da década de 1990 começaram a desaparecer gradualmente. Os primeiros foram os mais ricos, procurando escapar a um quotidiano onde o acesso à educação e aos bens alimentares não era comum. O resto da população seguiu os passos e o tempo tratou de alterar o aspecto de Houtouwan e a natureza reclamou aquilo que era seu. A vegetação cobriu paredes e entrou pelas casas. Reduziu os caminhos e tornou inacessíveis algumas áreas. Foi esse ambiente que atraiu os primeiros curiosos. As fotografias que tiraram espalharam-se e de repente, uma pequena invasão de visitantes começou e nunca mais parou.


Ela é considerada pelos internautas chineses a aldeia inabitada mais linda, e permaneceu longe da vista das pessoas por cerca de duas antes de ser redescoberta.
Segundo a porta-voz do departamento do turismo local, Hong Yingxue, devido a sua localização geográfica remota e falta de infraestrutura, manutenção adequada das ruas e casas antigas, a aldeia Houtouwan ainda não tem condições estruturais para o desenvolvimento turístico. Por isso, deixar a natureza seguir seu curso e manter a atual paisagem e ambiente ecológico da aldeia é a melhor alternativa.

Comments are closed.