A tragédia de Mariana e a Febre amarela

Não bastasse todos os danos ambientais, o desastre em Mariana em 2015 pode estar profundamente relacionado ao aumento de casos de febre amarela, segundo a Fiocruz. A hipótese tem como ponto de partida a localização das cidades mineiras que identificaram até o momento casos de pacientes com sintomas da doença. Grande parte está na região próxima do Rio Doce, afetado

Leia mais