A Universidade de Sydney foi a primeira universidade fundada na Austrália, em 1850. É lá que se encontrava um jacarandá de 88 anos, plantado em 1928.
Foi em outubro de 2016 que a Universidade comunicou a queda do carvalho ancestral, que ficava no pátio gramado central conhecido como Main Quadrangle.


Durante todo esse tempo os estudantes conviveram com o folclore de que o aluno que não estudasse antes da primeira flor aparecer, iria mal nos exames.
A árvore foi também cenário para fotos dos graduados e também muitos casamentos durante seus 88 anos de vida.
Dois anos antes da queda, a universidade anunciou que o jacarandá estaria chegando ao fim de sua vida, baseado em estudos da espécie. Trataram logo de produzir outros clones e, logo após o acontecido, anunciou a reposição da árvore com outra de genes idênticos à original para abril deste ano.


O vice reitor disse que o jacarandá é uma espécie não natural da Austrália, mas expressa o compromisso da universidade com tradições internacionais. O jacarandá-mimoso é uma árvore ornamental da família Bignoniaceae, nativo da Argentina e Bolívia, que se encontra ameaçada em seu habitat natural. É uma das poucas árvores a ter o mesmo nome comum em quase todos os idiomas do mundo.
Além de replantar o jacarandá, também vão plantar uma árvore local para expressar os fortes laços com a comunidade e o compromisso de alcançar o mundo.


Para tal, estão escolhendo uma espécie, em especial uma que dê flores mais cedo no ano, para encorajar os alunos a estudar mais cedo, segundo o folclore antigo, e ir bem nas provas.
Centenas de homenagens foram feitas ao jacarandá pelos alunos e pela comunidade. Cada um tinha uma conexão especial com ela, seja pelas fotos de graduação, casamentos ou apenas sentar sob sua sombra e observar a beleza de suas flores.
Em 2005 ele passou a fazer parte do Registro das Árvores Significativas da Austrália, uma lista exclusiva de 2.600 plantas com valor histórico, botânico, ecológico ou icônico, escolhidas pela comunidade e experts. A notação histórica registra que o jacarandá tinha 12 metros de altura, com uma copa de 18 metros de diâmetro.

Comments are closed.