Fazer o descarte de medicamentos vencidos ou de medicamentos que sobraram de algum tratamento jogando-os no lixo comum ou no esgoto doméstico nunca foi uma boa solução. Isso porque os sistemas de tratamento de esgoto não conseguem eliminar algumas substâncias dos medicamentos, que acabam contaminando o meio ambiente.

descarte-remediods

Os medicamentos têm substâncias que podem ser tóxicas ou se tornar tóxicas após a sua decomposição. Quando jogados em locais inadequados, como lixo ou sistema de esgoto, os medicamentos contaminam a água e o solo, podendo afetar peixes e outros organismos vivos, além de pessoas que bebem dessa água e consomem ou se alimentam desses animais. O procedimento também coloca em risco pessoas que entram em contato direto com o resíduo, como garis e catadores.

Muitas farmácias fazem a coleta adequada dos medicamentos vencidos, frascos e materiais cortantes e pontiagudos, assim como várias Unidades Básicas de Saúde (UBS) e supermercados. Localize um desses postos de coleta de medicamentos para descarte na ferramenta de busca oferecida pelo Laboratório Roche. Se não encontrar algum perto de você, procure a Vigilância Sanitária.
Esses medicamentos vencidos e produtos químicos serão incinerados em usinas preparadas ambientalmente para essa ação.
Já os objetos perfuro-cortantes como seringas e agulhas são levados a uma usina de tratamento, onde são descontaminados. Depois, são encaminhados para aterros – depósitos nos quais são descartados os materiais sólidos.

Lembre-se que descartar corretamente medicamentos vencidos faz bem à saúde, pois os medicamentos com validade expirada podem ser menos eficazes e trazer riscos à saúde. Por exemplo, os antibióticos vencidos podem ter menor eficácia e falhar ao tratar a infecção, o que pode levar a doenças mais graves e fazer o organismo criar resistência ao medicamento.
Sempre verifique o prazo de validade e o aspecto do medicamento.

Comments are closed.